sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Esporte na veia...


Trabalhar na TV TEM de São José do Rio Preto foi incrível!!!!
Tive a oportunidade de me especializar no que eu sempre gostei, esportes. A região não tem um super time de futebol, mas até que é bem representada pelo Mirassol na séria A-1 do Paulistão (que terminou entre os 10 melhores, entre 20, nas duas temporadas que disputou até agora) e antigamente foi orgulhosamente representada pelo América de Rio Preto (hoje na A-2), que chegou a fazer jogos espetaculares contra o Santos de Pelé, em 1964 (ano em que ganhou do Santos por 2 a 1)... O América, porém, anda afundado em dívidas, que ultrapassam milhões de reais (perdeu até o centro de treinamento para pagamento de dívidas, não contrata mais jogadores de peso há anos)... Enfim, a região noroeste do estado, que já teve na elite do Paulistão o Catanduvense de Catanduva (hoje na A-2) e o Novo Horizontino de Novo Horizonte, recentemente teve a participação também do Rio Preto, time mais antigo que o América, mas que chegou pela primeira vez na série A-1 em 2008, mesmo ano em que foi rebaixado para a série A-2. A variedade de times, ainda que em situação ruim, é um prato cheio pra imprensa da região. Poder receber Palmeiras, São Paulo , Corinthians e Santos, atrai torcedores do estado todo... É incrivel... As cidades respiram futebol... sim, apenas futebol... Não há outro esporte que polarize tanta atenção do que o futebol no interior do estado... Salvo excessões, como o Basquete em Catanduva, Ourinhos, Americana....

Legendas das fotos: na primeira à esqueda, ao alto, Jovair Tomé... à direita está este que vos escreve... Ambas tiradas no estádio do Mirassol.
Na foto seguinte de boné azul, filmando, está João Selare "Alemão" captando o treino do Rio Preto. Logo abaixo, meu material de trabalho nos dias de jogos (papel, caneta, radinho, mic e celular da tv).
Abaixo mais fotos...
Eu e Alemão esperando o treino do Rio Preto começar, protegidos do sol de 40 graus...

Alemão arrumando equipamento, enquanto alguns jogadores do Rio Preto esperam instruções do preparador físico.

Leo Freitas, meu ex-chefe, tomando um picolé na cabine de transmissão do estádio do Rio Preto, acompanhando nosso trabalho, num dia de jogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário